macaco-no-seu-galhoExistem mil e uma ferramentas para facilitar todas as suas tarefas de comunicação:

  • Você pode criar um site sozinho usando o WIX ou mesmo o Blogger ou WordPress.
  • Fazer assessoria de imprensa usando o Dino.
  • Imprimir flyers, folders, cartazes e usando a Printi.

Nada de errado com elas! São ótimas e complementam de forma econômica qualquer esforço de divulgação! Mas a primeira coisa que falha quando você começa a ficar sobrecarregado com as tarefas nas areas de finanças, administração, produção e outros aspectos do seu negócio, é justamente a comunicação. Pode parecer um desperdício de dinheiro pagar um designer ou um jornalista para fazer isso por você. Afinal não parece tão difícil assim! Mas delegar o diálogo com o seu público para ferramentas automatizadas me parece imprudente, não acha? Garantir uma unidade na sua comunicação é fundamental.

Delegar é vida!

Chega um momento na vida de um empreendedor em que ele se encontrará em um impasse onde terá que decidir quais tarefas quer manter para si. Quais tarefas são essenciais para o bom andamento do negócio, e quais deve delegar porque existem pessoas mais competentes para a tarefa. Administrar os mínimos detalhes de um empreendimento pode ser realizável no início, mas rapidamente se torna inviável.

Exitem dois motivos importantes para se delegar:

  1. A empresa precisa ser capaz de continuar a funcionar sem a tua presença. Você provavelmente quer tirar férias! Ou, no pior dos casos, imagine se for atropelado por uma bicicleta?
  2. Quando você delega, sua mente se liberta para pensar nas questões estratégicas do seu negócio. Você terá tempo para ter uma visão do futuro.

Para poder fazer isso, é necessário se preparar para liderar, se preparar para delegar. É preciso abrir mão do controle, do contrário será desastre na certa. O objetivo é ficar a disposição da sua empresa para as grandes decisões e colocar a mente voltada para a modalidade de planejamento estratégico.

Como?

  • O primeiro passo é incentivar que as pessoas assumam novas responsabilidades. Se elas mesmas assumirem uma das suas tarefas diárias, as chances de que sejam capazes de executá-las são maiores. Para isso você pode usar o Trello por exemplo no estilo kanban, com o intuito de permitir com que as pessoas “roubem tarefas” de você.
  • Avalie quais tarefas em que você é mediano e se seria prudente encontrar quem faça melhor do que você. Coloque estas tarefas a disposição de outras pessoas.
  • Não crie armadilhas promovendo pessoas que não estão preparadas. Administre pessoas. Ajude que elas cresçam. Seja um mentor. Não promova para depois demitir porque a pessoa não foi capaz de cumprir o que lhe foi proposto.
  • Identificar talentos e treinar as pessoas certas para as tarefas certas, assim você terá uma orquestra afinada.

Cuidado com a armadilha

bad-unicorn-tattooExiste um ditado: “Pessoas de primeira contratam pessoas de primeira. Pessoas de segunda contratam pessoas de terceira.” Não tenha medo de contratar pessoas melhores que você nas tarefas que está delegando. Só assim garantirá qualidade e o melhor resultado.

É importante verificar a experiência, o engajamento, e o propósito de quem contratamos. Muitas vezes o engajamento e o propósito podem compensar a falta de experiência, mas sempre devemos tentar identificar os pontos fortes dos indivíduos para colocá-los nas posições mais adequadas e treiná-los para assumir as tarefas de acordo com a filosofia da empresa.

Preste atenção ao período de três meses de experiência quando contratar. Programe avaliações e verificações durante este período para certificar que realmente contratou a pessoa certa. Não contrate e esqueça. Planeje o processo do contrário acabará carregando nas costas pessoas que não servem ao propósito e que custarão caro no médio e longo prazo.

No caso de empresas nas mais diversas áreas de consultoria, verifique o portfólio da empresa, converse com seus clientes, analise a filosofia da empresa, verifique se é um bom encaixe e se a empresa tem um bom track record. Ou se quer apenas encher o bolso de dinheiro e dane-se o teu sucesso, se a empresa quer ser sua parceira ou apenas vender, fechar mais um negócio. Muitas vezes orçamentos muito baixos são um reflexo disso. Cuidado, pois o barato sai caro.

Na nossa experiência, procuramos formar parcerias com pessoas e empresas melhores do que nós somos em diferentes aspectos da comunicação e gerenciamento de projetos. Isso nos faz mais fortes e mais capazes de atender todas as necessidades que surgem. Nossos parceiros nos dão flexibilidade e adaptabilidade para nos moldar aos novos desafios que são propostos pelos nossos clientes. Até mesmo nossos clientes trabalham conosco em parceria para alcançarmos melhores resultados. Trabalho de primeira por um preço justo e cada macaco no seu galho! Isso funciona!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *